Part-time p/a profissionais, emprego p/a desempregados e rampa de lançamento p/a amadores

Com a tecnologia web surgiram novas oportunidades de realização pessoal e profissional. Hoje mais do que nunca já pode fazer o que gosta, retirar partido financeiro daquilo que produz, sem depender de uma organização económica e financeira estruturada. Por isso, faça o que mais gosta e coloque-se à venda na internet.


Já não precisa de largar o seu emprego, já não precisa de procurar um emprego como se essa fosse a sua ultima oportunidade de se realizar. Hoje, já pode divulgar o seu trabalho, promover-se a si próprio e vender os seus produtos e serviços, sem necessitar de uma loja ou um escritório, sem ter de criar uma rede de revendedores e sem participar em feiras ou exposições - se o fizer terá melhores resultados, mas essa já não é a sua única alternativa.

O que se propõe é que você dedique parte do seu tempo às artes e oficios que mais gosta, que ponha em prática o seu conhecimento ou a sua experiência e que partilhe o resultado do seu trabalho com os outros através da internet.

Abra portas ao seu sucesso e começe hoje a fazer o que gosta, recebendo daí as mais valias correspondentes. Mantenha o seu emprego se tiver que o manter, continue a procurá-lo se ainda não o tem. Mas por favor, mantenha-se activo a fazer aquilo que você mais gosta e não se esqueça que depois de o fazer, só tem de o vender. Venda aquilo que sabe fazer não só pelo dinheiro mas também pelo reconhecimento que obtem e pela satisfação que proporciona aos outros, porque essa é a motivação que necessita para progredir e para aprender a fazer melhor.

Vender não é só trocar por dinheiro, vender é também divulgar e promover o seu trabalho, permitir a troca de sugestões, criticas e encontrar oportunidades de mudança.

Seja enfermeiro ou surfista, advogado ou artista plástico, escritor, psicólogo ou professor, seja qual for o seu hobbie ou a sua àrea de conhecimento, tem na internet a oportunidade de mostrar e vender os seus produtos ou serviços, testar a receptividade e o nível de interesse que as outras pessoas têm pelo seu trabalho.


Não espere que alguém publique um anúncio, para depois se oferecer - antecipe-se e divulgue o seu trabalho.

Crie uma loja online ou promova-se em sites ou portais de anúncios, crie a sua própria rede social, um blog ou um forum. Defina a sua estratégia e entre em acção.

Dê explicações/formações ou aulas de surf - mesmo que não tenha um convite de uma escola. Faça exposições e venda as suas telas, mesmo que nenhuma galeria aceite os seus trabalhos. Publique o seu livro de sonho, mesmo que as editoras não lhe dêem valor. Dê apoio social (online) a jovens em risco mesmo que não tenha um callcenter.

Faça o que fizer, se o seu trabalho tiver valor já tem tudo o que precisa para começar a vender online.